Google muda regras do AdSense para ajudar produtores de conteúdo (e a si próprio, claro)

Que o Google não é bonzinho todo mundo já sabe. Como qualquer outra empresa sua meta é fazer dinheiro e a companhia depende dos usuários para capitalizar, já que eles são o produto a ser negociado com seus parceiros. Mais de 90% da renda de Mountain View vem de anúncios, Android é troco de pinga e dessa forma, é importante contar com produtores de conteúdo sempre próximos de modo a veicular as propagandas de seus parceiros.
Problema, a plataforma AdSense há muito tempo deixou de ser amigável e nem falo da época em que ela realmente pagava muito para os publishers. Suas regras são confusas e incompreensíveis, basta uma pisada na bola (que o autor geralmente não sabe qual foi) para que o Google remova toda a propaganda do site e deixe-o a míngua. Isso vem desde muito antes do atual “YouTubecalypse” causado pela fuga dos anunciantes, que não querem suas marcas aliadas a sites e canais de discursos de ódio, pr0n, violência e em última análise, conteúdo irrelevante (o YouTube já está olhando torto para os Nutelleiros, já que seus clientes não querem ser linkados a esse tipo de material; por outro lado o Facebook já se adiantou a esse respeito).
O problema é que remover o AdSense de sites por completo não é interessante nem para o produtor de conteúdo, que pode não conseguir monetizar seu empreendimento de outra forma e nem para o Google, que deixa de fazer dinheiro ao excluir parceiros de negócios. E é esse o principal motivo que motivou a gigante a mudar as regras da plataforma de anúncios, com duas alterações cruciais:
  • primeiro, o AdSense passará a ser removido apenas das páginas individuais de um site ou blog que cometer violações e não mais de todo o domínio como ocorre hoje. Isso evita que o Google perca um parceiro em potencial por um único “deslize” (lembrando, quem define o que é conteúdo indesejado é o próprio Google) e ao mesmo tempo corta a grana da postagem problemática, mantendo seus parceiros comerciais satisfeitos e não ferindo o bolso dos publishers, que continuarão vendo a grana entrar em outras postagens. Ações que cortem o AdSense de sites inteiros continuarão a ocorrer, mas apenas quando a empresa julgar realmente necessário;
  • segundo, o Google vai lançar nas próximas semanas uma “Central de Políticas” do AdSense, de modo a finalmente clarificar seus critérios e facilitar o processo de correção de violações para os produtores de conteúdo. Assim, os autores não terão mais que atirar no escuro tentando adivinhar onde foi que vacilaram e por causa disso, deixaram de fazer dinheiro como um todo.
É claro que as mudanças no AdSense são reflexos da debandada de anunciantes, o que para o Google é algo extremamente preocupante; sem empresas dispostas a veicular suas campanhas a gigante simplesmente não tem como fazer dinheiro, e portanto é preferível adicionar um filtro especializado e observar com mais cautela o que os sites, blogs e canais postam de modo a cortar a grana apenas daqueles que realmente pisaram na bola, e não sair passando a foice em todo mundo e contar com cada vez menos outdoors para seus ads. Tal cenário não favorece ninguém, muito menos o Google.
A “Central de Políticas” trará informações detalhadas sobre quais postagens infringiram suas regras, quais elas realmente são e fornecerá os meios para que o administrador do site afetado possa corrigir o vacilo e volte a ter anúncios veiculados, de modo que tanto ele quanto o Google voltem a fazer dinheiro. Por enquanto a plataforma é voltada para sites e blogs, embora o diretor de Anúncios Sustentáveis Scott Spencer afirme que em breve estenderão a ferramenta para outras soluções monetizáveis da companhia; há a possibilidade que o YouTube seja o próximo (algo que os YouTubers querem muito, visto a polêmica mudança nos algoritmos que está prejudicando muita gente), mas não há nada confirmado.
Fonte: Google Blog.
leia mais...

Organize suas pastas por cor com o Folder Marker

Organize suas pastas por cor com o Folder Marker

Folder Marker é um programa que permite que você organize suas pastas por cor para torná-las mais fáceis de localizar.

LEIA MAIS

leia mais...

Detecte intrusos conectados em sua rede Wi-Fi

Se você usa uma rede Wi-Fi em sua casa para compartilhar a internet, então é teoricamente possível que outras pessoas, como seus vizinhos, se conectem a sua rede sem fio para usar a sua conexão de internet.
Embora seja possível tomar algumas medidas de segurança, como usar o protocolo de criptografia WPA2, que é seguro, existe sempre a chance de alguém encontrar uma forma de se conectar a sua rede sem fio.
Para descobrir se algum vizinho está se conectado a sua rede Wi-Fi, você pode usar o Who Is On My WiFi, um programa gratuito que monitora a sua rede Wi-Fi e lhe notifica sempre que um intruso se conecta a ela.

Ao executar o programa pela primeira vez, ele fará uma verificação inicial em sua rede Wi-Fi para detectar todos os dispositivos (computadores, smartphones, etc), que estão atualmente conectados a rede sem fio.
Em seguida, ele exibe uma lista de todos dispositivos conectados a rede. Os dispositivos são listados com o endereço MAC, último endereço IP e o nome do computador, descrição, status de conexão e identificação.
Por padrão, todos os dispositivos são listados com o status de identificação desconhecido (unknow). Você precisa marcar os dispositivos legítimos como conhecidos (know) para não gerar falsos alertas de invasão.
Você também pode colocar em "Description" um nome para para facilitar a identificação do dispositivo. Em seguida, salve as alterações clicando no botão "Save Changes", exibido do lado esquerdo superior da tela.
A versão gratuita do programa não oferece uma opção para bloquear os intrusos. Portanto, quando você detectar um intruso, troque a senha da rede imediatamente e verifique se está usando a criptografia WPA2.
Nas configurações do Who Is On My WiFi, é possível definir a faixa de IP que você deseja verificar, definir a frequência com que o programa irá verificar a sua rede sem fio (de 2 minutos até 10 minutos), entre outros.
Em resumo, embora seja possível descobrir os dispositivos conectados a rede usando comandos do DOS, o Who Is On My WiFi é bem mais fácil de usar e lhe notifica sempre que novos dispositivos são conectados.
Compatível com Windows XP, Windows Vista, Windows 7 e Windows 8.
FONTE: SOFTDOWNLOAD
leia mais...

Conecte-se a milhões de redes Wi-Fi com o Instabridge

Existem milhares de estabelecimentos que oferecem Wi-Fi de graça, e você pode utilizar essas redes para economizar em seu plano de dados. Porém, para se conectar a essas redes Wi-Fi você precisa ter a senha.
Para descobrir a senha Wi-Fi de milhares de estabelecimentos você pode usar o Instabridge, um aplicativo gratuito para Android e iOS que lhe permite usar milhares de redes Wi-Fi compartilhadas em todo o mundo.
O conceito do Instabridge é muito simples. Os usuários compartilham senhas Wi-Fi de bares, lanchonetes, hotéis e outros estabelecimentos comerciais com o aplicativo para que você possa usar essas redes Wi-Fi.
Na primeira execução do Instabridge, ele baixa a senhas das redes Wi-Fi compartilhadas na região. Dessa forma, você poderá utilizar o aplicativo em offline, quando estiver na rua sem uma conexão de internet ativa.
O Instabridge exibe uma lista de redes Wi-Fi próximas com informações como nome da rede, distância até o local e se os últimos usuários que tentaram utilizar a rede conseguiram se conectar com sucesso ou não.
Tocando no nome da rede Wi-Fi, você pode ver informações mais detalhadas, como o usuário que atualizou a senha pela última vez, velocidade de conexão, a localização e até mesmo a senha da rede WiFi disponível.
Outro recurso disponível no aplicativo é o mapa onde você pode visualizar as redes Wi-Fi próximas. Porém esse recurso não está disponível offline, ele pode ser usado apenas quando você está conectado a internet.
Nas configurações do aplicativo você pode ajustar opções de conexão, como conexão automática, notificar quando estiver perto de redes WiFi compartilhadas, baixar dados de regiões para usar em modo offline, etc.
Em resumo, Instabridge é uma excelente opção para você se conectar gratuitamente a redes Wi-FI quando estiver na rua ou viajando. Outros aplicativos com funções semelhantes são o Wi-Fi Map e o Mandic Magic.


FONTE: softdownload
leia mais...

Deixe a sua internet mais rápida: Troque o seu servidor DNS no Windows 7

DNS no Windows_7
Quando contratamos um provedor de banda larga nossa internet é automaticamente configurada para utilizar os números de DNS (Domain Name System) oferecidos pela empresa, o que por um lado é muito prático, afinal não é necessária nenhuma configuração, mas por outro acaba resultando em muitas pessoas utilizando o mesmo servidor, o que afeta não só sua performance como também a disponibilidade do que procura.
Um dos grandes trunfos da era da informação é permitir que tenhamos várias opções para um mesmo serviço, e com servidores DNS não é exceção. Neste tutorial o Canaltech explica como configurar os endereços de resolução de nomes no Windows 7, e também mostraremos várias alternativas melhores e gratuitas que vão acelerar a velocidade de sua conexão. Confira!

Passo 1

Abra a Central de Redes e Compartilhamento em "Menu Iniciar", "Painel de Controle", "Central de Rede e Compartilhamento". No canto inferior esquerdo, clique em "Conexão local".
dns 01
Na tela de Staus de Conexão, clique em "Propriedades".
dns 02
Para trocar o DNS é necessário adicionar tanto o número IPv4 quanto o IPv6, bastando apenas selecioná-los e clicar em "Propriedades".
dns 03
No campo DNS do IPv4 digite um número no formato xxx.xxx.xxx.xxx no servidor preferencial e alternativo ( como os listados abaixo) e clique em "OK".
dns 04
No caso do IPv6, selecione esse protocolo e clique em "Propriedades".
dns 05
No campo "Servidor DNS preferencial" e "Servidor DNS alternativo", adicione um novo servidor de DNS no formato IPv6 (como os listados abaixo) e clique em "OK".
dns 06

Parte 2

Agora que aprendemos como alterar o servidor DNS no Windows 7, o Canaltech lista três alternativas para o padrão utilizado por seu provedor de acesso.

OpenDNS

Uma das alternativas mais comuns quando alguém pensa em mudar de DNS, o OpenDNS possui mais de 30 milhões de ususuários cadastrados e é utilizado por mais de três mil corporações. Ao migrar para o OpenDNS você tem uma melhora na velocidade de sua internet, proteção contra ataques de Phishing e mais estabilidade de conexão.
  • Seguindo o tutorial acima, mude os endereços de IPv4 de seu computador para 208.67.222.222 e 208.67.220.220 respectivamente para começar a usar.
dns 07

Comodo Secure DNS

Para aqueles que procuram uma navegação segura sem se preocupar com sites maliciosos, o Comodo Secure DNS é a opção mais recomendada. Desenvolvida pela Comodo, empresa bastante respeitada na área de segurança e certificados digitais, o DNS bloqueia automaticamente sites considerados maliciosos ou mesmo restringe algumas operações requisitadas por eles.
  • Seguindo o tutorial acima, mude os endereços de IPv4 de seu computador para 8.26.56.26 e 8.20.247.20 respectivamente para começar a usar.
dns 08

Google Public DNS

Fornecido pelo Google, o Google Public DNS desafoga o seu tráfego de internet fazendo com que as requisições de endereço passem por seus servidores dedicados. Com números fáceis de memorizar, possui suporte nativo ao protocolo IPv6, e você pode configurar os endereços de seu computador alterando-os da seguinte forma:
  • Seguindo o tutorial acima, mude os endereços de IPv4 de seu computador para 8.8.8.8 e 8.8.4.4 respectivamente para começar a usar.
  • Seguindo o tutorial acima, mude os endereços de IPv6 de seu computador para 2001:4860:4860::8888 e 2001:4860:4860::8844 respectivamente para começar a usar.
dns 09

Fonte:  canaltech
leia mais...

Iobit Advanced SystemCare 9.4 PRO Serial KEYS 2016/2017

Advanced SystemCare 9.4 PRO Serial KEYS 2016 2017

Advanced SystemCare 9 is an easy-to-use yet comprehensive PC optimization utility that takes one click approach to clean, optimize, speed up and protect your computer even secure your online privacy. The new Speedup Module will troubleshoot bottlenecks of system, disks and browsers to offer users a faster PC. Advanced SystemCare 9 strengthened online security protection; it can monitor malware like spyware and adware in real time and eliminate them with one-click.



=======================
----------------------


E138C-690E1-C7C5D-1E384

------------------------------ 


new! To activate serial key untill 2017, try this:
1.Download and install Advanced SystemCare 9.4 2.Download this file: CLICK HERE
3.Close the Advanced SystemCare
4.Run the ASCblocker
5.Use key from serial.txt file.
6.Done ! 

--------------
====================
leia mais...

AS PRINCIPAIS DICAS DE COMO UTILIZAR AS HASHTAGS NAS REDES SOCIAIS



A globalização possibilitou a emersão e desenvolvimento da internet. A World Wide Web está presente nas mais variadas esferas sociais, sendo incluída não apenas os usuários domésticos, como também profissionais e acadêmicos.
Não é exagerado pensar e vivenciar novas estruturas econômicas, pautadas em startups, e-commerces, exportações e importações digitais. Com isso, verifica-se que os negócios são digitais e a emersão de conhecimento também segue pelo mesmo caminho.
Basta verificar que, diante do fenômeno global que são as redes sociais, há um novo comportamento entre os usuários da ferramenta digital. Novas linguagens são difundidas entre aqueles que fazem uso desses sites.
Saber lidar com estes pragmatismos possibilita explorar de forma inteligente as oportunidades que constantemente aparecem nestes ambientes de interação constante entre os seus usuários, independentemente da classe social.
O fenômeno das hashtags
Além de cada usuário construir sua própria rede de amigos, que curtem, comentam e compartilham informações constantemente, seja no Facebook, Twitter, Whatsapp etc, ferramentas como as hashtags surgiram apenas com a massificação destes dispositivos comunicacionais.
Em outras palavras, as hashtags são identidades dadas para assuntos variados, em que os usuários tentam incentivar outros utilizadores a participarem do assunto tratado. Com formas inteligentes de uso, é possível fazer com que o número de pessoas engajadas no tema seja alto. Tudo depende de como explorar a hashtag e de que modo.
1 #ErroComum
Um dos erros comuns de quem utiliza as hashtags é a separação de palavras, pois acaba quebrando o link que direciona para a página da hashtag. Caso outras pessoas também utilizem a mesma hashatag em seus posts, todos serão agrupados em uma mesma página da rede social, como o Facebook, por exemplo.
A utilização excessiva da hashatag faz com que o tema abordado seja visto de forma chata pelo nicho que se interessa pelo tema. Sendo assim, é importante saber dosar.
2 #CAIXA ALTA
A caixa alta, jargão utilizado por jornalistas para letras maiúsculas, facilita no entendimento do leitor para novas palavras. É preciso que seja levado em consideração a extensão da hashtag, pois não pode ser muito longa. O importante é que o público possa absorver a essência da informação contida na hashtag.
3 #Pesquisa prévia
Antes de utilizar a hashtag é bom fazer uma pesquisa prévia para que seja apurado se o termo já foi utilizado nas redes sociais. Como muitas pessoas e empresas passaram a aderir ao método de escrita digital é provável que alguma ideia já tenha sido utilizada.
4 #A hashtag deve estar relacionada com o post
É importante levar em consideração o post, na hora de escolher uma hashtag. Como dito anteriormente, é ela que determina uma identidade para o que se quer publicar. Então, é fundamental que haja uma relação entre o post e a hashtag.
Erros muito frequentes ocorrem quando empresas utilizam a ferramenta, mas sem correlacionar com o tema tratado.
5 #Hashtags divergem e convergem opiniões
Temas tratados pela sociedade em geral contribuem para opiniões divergentes e convergentes. As hashtags se tornam uma espécie de identidade para quem as utiliza em seus posts. Exemplo: Durante a votação de maioridade penal, aqueles que eram contra a redução maioridade penal postavam com #NaoAReducao e os que eram a favor redução postavam com a #ReducaoSim.
Entre em contato agora mesmo e peça uma consultoria em Marketing Digital para a sua empresa.
FONTE: next4
leia mais...

Micrown Soft Responsive Blogger Template

image

Live DemoDownload

 

Micrown Soft Responsive Blogger Template

leia mais...

Template Para Blogger Profissional Top side 00634

image

DOWNLOADDEMONSTRAÇÃO

Nova Opções para Download: Download



Traduzido Por: www.templateparablogspot.com
Blogger Template Style
Name:   Topside
Author: Lasantha Bandara
URL 1: 
premiumbloggertemplates.com
Date:   August 2013
leia mais...

Estrategia, ferramentas para sites de buscas

image

Ferramentas

Na estratégia de marketing de busca, são necessárias ferramentas para que se possa tirar o máximo das ações tanto de links patrocinados como de otimização para busca (conhecido como SEO – Search Engine Optimization). Para facilitar o trabalho, esta página reúne alguns links. Ela será constantemente atualizada com novas ferramentas.

Alexa, PageRank e popularidade

Palavras-chave

Robots.txt

Meta tags

Links e Backlinks

Links patrocinados

 

 

leia mais...

POSTAGENS ROTATIVAS

 
Copyright © 2017 UTILITÁRIOS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top